Cacau Corazza: Salvos por Luidy

Confira aqui no INfoesporte a coluna de Cacau Corazza

Por INfoesporte

13/06/2017 - 23h41

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

SALVOS POR LUIDY

Depois das mídias sociais serem notícia no Figueirense, tanto pelo caso do zagueiro Marquinhos, quanto do atacante Zé Love, a noite desta terça-feira (13) foi marcada por vaias no Orlando Scarpelli, mesmo com o empate em 2 a 2, para o Criciúma. Isso porque o técnico Márcio Goiano não está 100% de bem com o torcedor Alvinegro.

Contra o Tigre, o Figueira repetiu os mesmos erros que das outras partidas, criou mas pecou nas finalizações. Não aproveitou as chances e tomou gol no contra-ataque, por falha da defesa. Erros cometidos não apenas por quem está dentro do campo, mas também pelo comandante do Furacão. Um exemplo foi Marco Antônio, como titular deveria ter jogado, mas só estava em campo e não rendeu. Outro erro, zagueiro Marquinhos no banco, o que já havia gerado indignação ao torcedor e jogador, e por opção, o técnico colocou um jogador ?dele?.

Um dos acertos do Figueira nessa temporada é o atacante Robinho, que mesmo não colocando a bola para dentro da rede, na noite desta terça-feira (13), o atleta é uma das peças fundamentais na equipe. Mas o alívio veio quando Goiano fez uma substituição certa, em colocar Luidy, que em três minutos, com eficiência o atacante conseguiu fazer o que os demais não conseguiam, marcou dois gols e empatou para o Figueirense. Evitando mais uma derrota Alvinegra.

Foi uma partida boa, não vamos considera-lá das piores, teve posse de bola do Figueirense, mas com falhas recorrentes. E o perigo na Série B está nisso, não conseguir organizar a casa e seguir por alguns jogos com os mesmos erros. Márcio Goiano, junto com os atletas, precisa arrumar o time, não é possível oscilar tanto na produtividade e eficiência.

DEPOIS DO APITO, TEM MAIS FUTEBOL

O assunto mais comentado no Sul da Ilha, em Florianópolis, foi a anulação do pênalti contra o Flamengo, no último domingo (11). O erro aconteceu e isso não se pode negar. Ficou feio para o juíz e essas falhas de arbitragem com times de menor expressão, se comparando com o Rubro-negro Carioca, por exemplo, infelizmente são comuns no futebol Brasileiro. E isso é algo que irrita qualquer amante deste esporte. Se os atletas comentem algo na mesma proporção, são julgados, mas ver arbitragem na geladeira ou se qualificando mais, isso é difícil.

Mas por outro lado, na partida contra o Urubu, o Avaí jogou de igual para igual e soube pressionar em vários momentos. O técnico Claudinei Oliveira está conseguindo dar uma cara nova a equipe, sem deixar o time ser apenas retrancado, mas ter um poder ofensivo. Claro que a chegada dos novos atletas colaborou, e muito, para que isso acontecesse. Juan tem dado qualidade e dinâmica. Alemão tem sido referência no setor defensivo, sendo um dos jogadores mais regulares no Leão.

E como Série A não pode viver remoendo o que passou, o Avaí volta a campo na noite desta quarta-feira (14), contra o Atlético Goianiense. Um adversário que está na mesma situação do time Azurra, zona de rebaixamento e precisando vencer. E com a expulsão do meia Marquinhos Santos, que se exaltou com a arbitragem na partida contra o Flamengo, o técnico Claudinei Oliveira fez mistério em revelar quem entra na vaga. Uma das opções é Simião, que está recuperado da fratura no nariz.

Fazendo mistério ou não, o Avaí precisa entrar em campo para conquistar os três pontos, já que é confronto direto e já é tempo de vencer fora de casa.

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Cacau Corazza: Salvos por Luidy

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados