Cacau Corazza: Sem paciência e com razão

Confira aqui no INfoesporte a coluna de Cacau Corazza

Por INfoesporte

13/07/2017 - 11h40

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

SEM PACIÊNCIA E COM RAZÃO

O Figueirense fez mais uma apresentação em que o torcedor não consegue enxergar esperança. E isso é muito triste no futebol, ainda mais quando é uma equipe com um plantel bom, atletas experientes, conhecidos da casa. Um time que tem história de força e garra.

Falta de tempo para treinos não é mais desculpa. De todas as maneiras o torcedor tenta achar um motivo para a equipe estar nesta decadência, mas a única explicação é falta de qualidade, mas como isso pode acontecer se existem peças boas na equipe? A falta de entrosamento e insegurança são pontos fortes que fazem um time ir de mal a pior, como tem sido com o Figueira.

O Furacão teve basicamente duas partidas em que trouxe orgulho ao torcedor Alvinegro, as primeiras da Série B. Fez o torcedor acreditar que as coisas estavam mudando, mas a oscilação no campeonato tirou isso. Já teve troca de treinador, de atletas e a solução não apareceu. A impaciência no futebol se deve porque a 18ª posição na tabela de classificação da Série B é amarga.

Um dos únicos pontos positivos na derrota para CRB, na última terça-feira (11), foi o goleiro Saulo. Agora a missão é contra o Brasil de Pelotas, nesta sexta-feira (14), fora de casa. O time tem o retorno de Bruno Alves e as baixas de Jorge Henrique e Zé Antônio. O torcedor Alvinegro vai ter que esperar para ver e tentar achar uma esperança, porque futebol infelizmente tem disso.

MANTER A SEQUÊNCIA, FAZER O DEVER DE CASA E SUBIR NA TABELA

Com 12 pontos e a 17ª colocação na Série A, o Avaí recebe na noite desta quinta-feira (13), o Coritiba, na Ressacada. E o desafio maior para o técnico Claudinei e a equipe é manter a sequência de bons resultados e vencer em casa para subir na tabela do Brasileirão.

Das cinco partidas disputadas em casa, até agora, foram três empates, uma derrota e o Leão da Ilha venceu apenas uma vez, na quarta rodada contra o Sport. Fazer da Ressacada um lugar seguro de se jogar, onde o adversário não cresça, é o que precisa começar a acontecer. E a oportunidade disso é contra o Coritiba.

Para isso, o técnico Claudinei Oliveira não terá Joel, que cumpre suspensão, e a opção mais provável é Junior Dutra, autor de um dos gols na vitória contra o Grêmio. Luan está suspenso e Simião deve ser a opção. Judson também é desfalque. Marquinhos Santos pode retornar, mas aí Claudinei Oliveira precisa sacar Pedro Castro ou Juan. E agora? Mexer em time que está ganhando?

O capitão pode ser uma boa opção, mas não para começar jogando, até porque o time precisa ter agilidade e infelizmente o meia está mais parado, o que acaba fazendo com que os demais corram por ele e as vezes isso faz fugir o esquema. Mas, a dor de cabeça é de Claudinei e o torcedor Avaiano quer a vitória!

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Cacau Corazza: Sem paciência e com razão

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar









INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados