Contra o lanterna, Figueirense joga mal, perde e entra no Z-4

Alvinegro marca duas vezes de pênalti, mas leva a virada do Atlético-GO

Por INfoesporte

19/07/2012 - 23h31

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

O Figueirense foi a Goiânia com o intuito de quebrar a sequência de oito jogos sem vitória e voltou com mais uma frustração. O placar foi construído com dois times pouco inspirados em campo e com muitos passes errados. Do lado goiano, foram 30. Do lado catarinense 50 passes errados.

O time comandado por Argel Fucks abriu o placar com Caio de pênalti, levou a virada, empatou a partida, mas, no fim, Joílson decretou o 3 a 2 no placar. Com o resultado, o Figueirense termina a décima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A na zona de rebaixamento.

O próximo desafio do clube catarinense é contra o São Paulo dentro de casa no Estádio Orlando Scarpelli, domingo, às 16h. Já o Atlético Goianiense visita Porto Alegre no mesmo horário para enfrentar o Internacional no Beira Rio.

Primeiro Tempo: Pênaltis para os dois lados e igualdade em campo e no placar

O jogo começou muito ruim no Serra Dourada. As duas equipes não conseguiam acertar os passes a partir da intermediária e não conseguiram chegar ao gol adversário. Os defensores venciam as disputas, mas não conseguiam sair jogando com qualidade e rifavam a bola. Somente aos 19 minutos, algum lance de emoção. Felipe cobrou falta com maestria e Wilson foi muito bem para espalmar em escanteio.

Aos 21 minutos, Julio Cesar domina errado a bola que cai nos pés do Caio. O atacante invade a área e é derrubado pelo marcador. O juiz marca pênalti, ele mesmo cobra e coloca o Alvinegro na frente: Atlético Goianiense 0 x 1 Figueirense.

Sem conseguir jogadas efetivas, o Atlético foi buscar o empate também em cobrança de pênalti. Em escanteio, Fabiano Silva agarrou Pituca e o juiz viu assinalando a irregularidade. O goleiro Márcio bateu bem no canto e comemorou o gol da igualdade: Atlético 1 x 1 Figueirense.

Se o atacante Felipe assustou no início, Guilherme Santos fechou o primeiro tempo com bom lance de perigo para o Figueirense. Julio Cesar levantou bola na área pelo lado esquerdo e o lateral bateu por cobertura acertando o travessão.

Segundo Tempo: Figueirense leva a virada, empata e sofre no final

Nada mudou para a segunda etapa. As duas equipes mantiveram a baixa qualidade técnica em campo e pouco agrediram as metas. Melhor para o Atlético Goianiense que ainda conseguiu em contra-ataques acertar a trave e chegar à vitória.

O primeiro lance de perigo foi com o meia Almir, que esteve bastante sumido em campo. O jogador recebeu do Julio Cesar, rolou a bola para frente e bateu com curva próximo da meta defendida por Márcio aos 12 minutos.

No contra-ataque, Wilson vai buscar com a ponta dos dedos um baita chute do atacante Diogo Campos. A bola bate na trave, é recolhida pelos atleticanos que rodam a bola até encontra Felipe. O atacante fintou para esquerda e contou com desvio na zaga para vencer o goleiro alvinegro. Atlético Goianiense 2 x 1 Figueirense.

Na sequência, o meia Luiz Fernando levantou escanteio na área e o atacante Caio dominou no peito. Na hora de chutar, foi seguro pela camisa pelo adversário e o juiz viu marcando a penalidade máxima. Mais uma vez o atacante correu, bateu firme e venceu o goleiro Márcio: Atlético Goianiense 2 x 2 Figueirense.

Aos 25 minutos, começou a aparecer a personagem da partida. O meia Joílson, ex-Figueirense, recolheu na entrada da área e bateu firme, no alto. A bola bateu no travessão sem que Wilson tivesse chances de evitar. Anderson Conceição ainda teve chance de gol aos 35 minutos, mas pegou fraquinho na bola e praticamente recuou para Márcio.

Em bom contra-ataque, Joílson deu o castigo ao Figueirense. O meia recolheu na meia, avançou com velocidade, driblou Anderson Conceição, diminuiu o ritmo da corrida e bateu muito forte, uma bomba, que Wilson ainda resvalou na bola, mas não pôde evitar. Atlético Goianiense 3 x 2 Figueirense.

Aos 40 minutos, o último suspiro. Almir bateu firme de dentro da área com pouco ângulo e Márcio defendeu.

Ficha Técnica:

Atlético-GO: Márcio; Marcos, Reniê, Gabriel e Eron; Pituca, Marino e Bida (Joílson); Felipe (Patric), Vanderley (Diogo Campos) e Wesley.
Técnico: Jairo Araújo

Figueirense: Wilson; Pablo, Fred, Anderson Conceição e Guilherme Santos; Fabiano Silva (Doriva), Túlio (Coutinho) e Almir; Ronny (Luiz Fernando), Caio e Julio Cesar.
Técnico: Argel Fucks

Cartões amarelos: Marino e Wesley (A); Ronny e Julio Cesar (F)
Cartões vermelhos: -
Gols: Márcio (38/1T), Felipe (13/2T) e Joílson (37/2T) (A) e Caio (13/1T) e (17/2T) (F)
Arbitragem: Wilson Luiz Seneme foi auxiliado por Janette Mara Arcanjo e Lilian da Silva Fernandes Bruno
Horário: 21h
Local: Serra Dourada
Público: 1.112
Renda: R$ 23.630

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Contra o lanterna, Figueirense joga mal, perde e entra no Z-4

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar



INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados