Figueirense perde para o Palmeiras e soma seis jogos sem vitória

Alvinegro do Estreito faz bom primeiro tempo, mas leva dois gols de escanteio

Por INfoesporte

Deprecated: Function split() is deprecated in /var/www/vhosts/infoesporte.com.br/httpdocs/noticias/noticias.php on line 125

01/07/2012 - 20h52

Compartilhe:

Tamanho da letra: A- | A+

O Figueirense deixou a Arena Barueri com o resultado negativo de 3 a 1 na partida contra o Palmeiras. O Alvinegro saiu na frente com um lindo gol de voleio do atacante Julio Cesar, mas viu o time treinado por Luiz Felipe Scolari virar o jogo com dois gols de escanteio e um de contra-ataque. Roman, Barcos e Maikon Leite marcaram para o time paulista.

Com o resultado, o Figueirense chega ao sexto jogo sem vencer, fica com sete pontos e cai para a 16ª colocação e fica na beira de entrar na zona de rebaixamento para a Série B. O Palmeiras, que conseguiu sua primeira vitória é o primeiro no Z-4 com cinco pontos conquistados. O próximo adversário alvinegro é o Vasco da Gama, no Estádio Orlando Scarpelli. O Verdão visita a Ponte Preta no Moisés Lucarelli. Os dois jogos serão no próximo domingo, às 18h30.

Primeiro Tempo: Golaço do Julio Cesar e empate em bola parada.

O Figueirense fez um bom primeiro tempo contra o Palmeiras, mas deixou o campo no intervalo com o empate em 1 a 1. A equipe comandada pelo técnico Argel Fucks era organizada dentro de campo, mas não tinha criatividade do meio para frente. Caio e Fernandes, muito apagados, comprometeram o rendimento da equipe que tinha o lado esquerdo com Guilherme Santos e Julio Cesar como única opção para a saída da posse de bola.

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Thiago Heleno já mostrava para os alvinegros qual seria o maior problema do time catarinense. O zagueiro subiu sozinho na segunda trave e testou a cobrança de escanteio para o fundo do gol. O juiz viu uma falta no lance e anulou a conclusão palmeirense. Em seguida, Fernandes perdeu grande oportunidade ao bater errado de canhota na segunda trave, sozinho, aos 12 minutos.

A melhor chance do Palmeiras veio com Maikon Leite que entrou na área tabelando com Barcos nas costas do Anderson Conceiçãoe do Guilherme Santos e bateu errado, com curva, mas por cima do gol. Era só ele e o goleiro Wilson na hora do arremate.Aos 24 minutos, Doriva conseguiu uma excelente arrancada pela direita, cruzou na medida para o Caio que mergulhou no peixinho, mas foi bloqueado pelo defensor.

Apesar de rondar a intermediária adversário, o Figueirense pouco finalizava. Aos 30 minutos do jogo, o atacante Julio Cesar fez um golaço ao mandar de voleio no ângulo do goleiro Deola que não teve chances de alcançar. A jogada foi toda do Guilherme Santos pelo lado esquerdo. Palmeiras 0 x 1 Figueirense.

Não deu tempo para comemorar. O Figueirense acabou recuando a marcação para apostar nos contra-ataques e o Palmeiras igualou o marcador aos 37 minutos. Doriva não acompanhou o zagueiro Roman que cabeceou livre na primeira trave uma cobrança de escanteio. Palmeiras 1 x 1 Figueirense.

Um lance polêmico aos 41 minutos encerrou os lances de perigo na primeira etapa. Botti de belo passe para a projeção do atacante Caio que deu um toque na entrada da área para dominar na corrida e o zagueiro Roman deixou o corpo cair sobre o atacante alvinegro que caiu pedindo pênalti. O juiz mandou o lance seguir.

Segundo Tempo: Figueirense cansa, perde o meio-campo e leva dois gols em dois minutos

O segundo tempo foi do Palmeiras. E a pressão começou com o apito do juiz. Logo aos seis minutos, Barcos recebeu e disparou a canhota com potencia para boa defesa do goleiro Wilson. Em seguida, aos sete minutos, o goleiro alvinegro voou e salvou maisuma do Barcos que soltou a bomba da entrada da área. Daniel Carvalho também levou perigo a meta catarinense. Aos 16 e aos 21 minutos ele bateu falta perigosa assustando Wilson que na primeira nem se mexeu.

De bola parada, Ronny deu a resposta para o Figueirense. Ele bateu boa cobrança de falta, mas mandou por cima do gol do Deola que estava no lance. Em seguida, aos 29, Deola teve que trabalhar na finalização do Ronny. O meia-atacante bateu firme, quicado, da entrada da área e o goleiro foi bem no canto esquerdo para bloquear. O lance animou o alvinegro que teve um momento favorável no segundo tempo. Porém, Aloísio finalizou muito mal na chance clara que teve aos 32 minutos. Ele recebeu de Ronny que fez linda jogada pela esquerda e, ao invés de tocar para Julio Cesar que estava livre, tentou bater da entrada da área e isolou mandando para a arquibancada.

Depois disso, dois lances deram a vitória ao Palmeiras, a primeira do time na Série A 2012. Mais uma vez de bola parada, o time do Luiz Felipe Scolari venceu o do Argel Fucks. Desta vez, falha geral da zaga. Guilherme Santos não alcançou na primeira trave, Wilson não saiu, Canuto não acompanhou e Barcos colocou o pé na bola que passou por debaixo do goleiro do Furacão aos 39 minutos. Palmeiras 2 x 1 Figueirense.

Em seguida, o segundo gol que decretou a vitória paulista. Maikon Leite recebeu sozinho nas costas do zagueiro Canuto e avançou em contra-ataque rápido, sem marcador até a quina da pequena área. Cara a cata com Wilson, escolheu o canto esquerdo do goleiro, deu um tapinha com categoria e correu par ao abraço. Palmeiras 3 x 1 Figueirense.

Ficha Técnica:

Palmeiras: Deola; Cicinho, Maurício Ramos (Roman), Thiago Heleno e Fernandinho; Márcio Araújo, João Vitor, Felipe (Mazinho) e Daniel Carvalho (Valdívia); Maikon Leite e Barcos.
Técnico: Felipão

Figueirense: Wilson; Coutinho, Canuto, Anderson Conceição e Guilherme Santos; Doriva, Túlio, Botti (Wilson Pittoni) e Fernandes (Ronny); Caio (Aloísio) e Julio Cesar.
Técnico: Argel Fucks

Cartão amarelo: Caio, Doriva, Túlio e Aloísio (F)
Cartão vermelho: -
Gols:
Roman (37/1T), Barcos (39/2T) e Maikon Leite (41/2T) (P);Julio Cesar (30/1T) (F)
Arbitragem: Francisco Carlos Nascimento foi auxiliado por Bruno Boschilia e Carlos Jorge Titara da Rocha
Horário: 18h30
Local: Arena Barueri
Público: 3.580

PUBLICIDADE

Compartilhe:

0 Comentários para:

Figueirense perde para o Palmeiras e soma seis jogos sem vitória

Comentários

  • Nenhum Comentário

Comentar



INFOESPORTE - © Copyright 2011 - Todos os direitos reservados